“São várias estratégias montadas de inventar árvores, de aumentar o tamanho, de usar outro nome, várias coisas que a gente encontrou no campo para justificar pegar a madeira de outras regiões.”

Ouça Edson Vidal, engenheiro florestal

Cacalos Garrastazu/Eder Content 

O NEGÓCIO POR TRÁS DA DEVASTAÇÃO

Há um negócio muito lucrativo por trás do desmatamento da Amazônia: a extração ilegal de madeiras nobres para exportação. Um negócio que cresceu num ritmo cada vez mais acelerado no Brasil ao longo da última década, e que levou o país a responder por mais da metade de toda a madeira bruta exportada pela América Latina.

Desde o início do governo Bolsonaro, os números oficiais da Secretaria de Comércio Exterior revelam um aumento exponencial nas vendas de madeira bruta ao exterior. Somente em 2021, o Brasil exportou 2,6 milhões de toneladas de madeira bruta, um salto de 91% no volume exportado em comparação ao ano anterior.

Exportações de madeira bruta do Brasil cresceram 6.356% na última década

(valor do metro cúbico/US$)

Ipê

244

Jatobá

109

Massaranduba

99

Muiracatiara

99

Angelim vermelho

96

Fonte: Tropical Timber Market Report (ITTO) – vol. 26 / Fev 2022

Episódio em imagens

Cacalos Garrastazu/Eder Content